sexta-feira, 11 de novembro de 2011

A Conspiração das Pilhas

Lendo assim, o título parece nome de filme de ficção científica, não parece?
Tá bom, não parece mesmo!

Vamos ao post do famoso dia 11/11/11!!!

Hoje vamos falar de um objeto muito utilizado em todos os lares brasileiros: a pilha!
A pilha é um dispositivo que utiliza reações de óxido-redução para.... hahahahaha... calma, calma! Não é desse jeito que falaremos da pilha... Vamos ver como ela está presente e interfere nas nossas vidas!!!

As pilhas estão nos controles remotos, controle do portão automático, despertador e relógios de parede e até naquela sua guitarra do Guiter Hero!!!

Elas são, atualmente, um elemento fundamental para que tenhamos conforto em nossa vida doméstica.
Porém, as pilhas andam de mãos dadas com aquela famosa Lei de Murphy: "Se alguma coisa tende a dar errado, ela dará errado, no pior momento e da pior maneira possível!".

Sim, meus caros gafanhotos... Em algum momento, as pilhas vão te deixar na mão!

Sabe aquele dia que você chega em casa com o seu carro, tá aquele dilúvio, chovendo tudo que pode e você vai abrir o portão da garagem e... pééééé (leia como uma buzina). A pilha acabou... seu controle reserva está lá dentro da sua casa e você terá de descer naquela tempestade para pegá-lo. E mais: provavelmente a pilha deste controle reserva também estará esgotada!

E as pilhas dos cotroles remotos dos equipamentos eletrônicos? Sempre vão acabar naquele dia mais preguiçoso teu... quando você estiver no sofá ou na cama, querendo mudar daquele canal porque começou aquele programa insuportável... Você pega o controle, mira pra TV, aperta e... pééééé (de novo a buzina). É claro que você terá de levantar e ir até a TV mudar o canal, depois de ter socado o controle remoto na parede como se a culpa fosse dele.

E isso nos leva àquelas famosas manias que todos temos: quem é que nunca abriu a tampa do controle e girou as pilhas ali dentro? Ou pressionou o botão do controle de forma mais forte? hahahahahahaha! Os controles sofrem... e tudo por culpa das pilhas!

Não sei se vocês são como eu, mas tenho uma dificuldade enorme pra acordar de manhã cedo... Tenho no meu criado-mudo um rádio relógio que é meu despertador, e tenho também um despertador de pilha como um backup, pois um despertador só não me acorda!!! hahahahahaha!

Ok, você está previnido dessa forma: você tem um rádio relógio pra dormir ouvindo aquela música preferida e tem também um despertador a pilha que faz aquele barulho irritante, o qual funcionará caso acabe a energia de madrugada e você o deixa distante pra não correr o risco de pegá-lo e tacá-lo na parade.

Mas adivinha quando a pilha desse cara vai acabar? Sim, você acertou se respondeu que ela acabará naquele dia que acabou energia de madrugada e logo pela manhã você tinha aquela reunião super importante com seu chefe para definir sua promoção.

Dos relógios de parede nem vou falar então. Quem é que se lembra de trocar a pilha destes pobres coitados? Eu pelo menos, já estou acostumado a ver 15:42h todos os dias e todos momentos no meu. E isso já faz uns 8 meses! Acho que vou jogar no bicho com esses números!

Pois é pessoal... As pilhas nos ajudam muito no dia a dia... mas se não dermos atenção a elas, trocarmos de tempos em tempos, elas nos castigam destas formas... não é!? hahahahaha!

Contem aê os perreios que já tiveram com as danadas, e vamos rir... afinal, já passou né!? (mas outros virão...rsrs)!

Grande abraço à todos e vamo que vamo... porque hoje, a partir das 18h começa o feriadão!!!

Divirtam-se e bebam até cair... mas sem dirigir hein!? Woo-hoo!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Os Sete Pecados

Boa tarde pessoal!!!

Calma... este não é um post sobre a antiga novela global.

É que o último post me deu a idéia de escrever esse aqui, quando citei sete hábitos de pessoas que moram sozinhas e quando mencionei a preguiça como pecado.

Aliás, aproveito aqui pra fazer um adendo e recomendar o filme "Seven" para quem ainda não o viu. É um suspense sensacional de 1995 com Brad Pitt e Morgan Freeman que impressiona no final. Vale a pena!

Vamos ver como os Sete Pecados Capitais se encaixam na vida de quem mora sozinho?
Bora lá:

(1) GULA
Pecado clássico! Eu, por exemplo, não posso comprar guloseimas (tipo caixa de bombons) em casa que vai praticamente tudo na primeira noite. Parece que, como não tem ninguém vendo e te chamando a atenção, você pode comer tudo de uma vez sem ser incomodado. Como eu sei que não tenho o tal "autocontrole" evito comprar esses tipos de coisas.


(2) AVAREZA
É o apego excessivo pelos bens materiais e pelo dinheiro. Pois é, quem mora sozinho, geralmente se apega as coisas que tem em casa, já que o convívio com elas é intenso. A TV principalmente, torna-se quase uma irmã. E a geladeira, uma mãe! E o dinheiro torna-se sagrado: agora temos mais contas a pagar, afinal! Economia é o espírito!



(3) LUXÚRIA
Ah, a luxúria! Geralmente quem mora sozinho, leva a fama de fazer do seu lar, um motel. As pessoas olham torto e até recusam convites por pensarem assim! Claro, a luxúria está (na maioria das vezes), nos pensamentos dos outros! Mas claro, há quem vive sozinho e é adepto deste tal pecado (ouvi dizer).



(4) IRA
A ira é constantemente despertada em nós, que moramos sozinhos... Seja ao topar com o dedão na quina do criado mudo, dar aquela martelada no dedinho da mão, ver aquela carreira de formigas no canto da cozinha, estar no meio de um bom banho quente e a resistência do chuveiro queimar, enfim... vários momentos como estes nos levam a cometer este 4º pecado e sair xingando tudo e todos descontroladamente, como se os objetos tivessem vida e conspirassem contra nossa pessoa.

(5) INVEJA
Quem mora sozinho, rala pra ter as coisas em casa, em ordem e do jeito que queremos e gostamos. Nos esforçamos para isso. Mas sempre nos deparamos com cenas e situações que nos levam a este 5º pecado, seja vendo uma revista, uma matéria na internet ou na própria TV. Vemos aquela mesa de pôquer no apartamento do fulano, aquela geladeira que serve chopp na casa do ciclano e aquela TV 60 polegadas LED 3D na sala do beltrano...



(6) PREGUIÇA
Sem sombra de dúvidas, este é o pecado mais cometido por nós! Lavar louça, lavar roupa, levar o lixo pra fora, fazer faxina, arrumar a cama... Quem, em sã consciência, tem disposição e alegria em fazer alguma coisa dessas? A não ser que você seja uma "dona de casa" literalmente. Bom mesmo é estar em casa, jogado no sofá e com uma cerveja gelada do lado...


(7) SOBERBA
A soberba pode ser vista pelo lado positivo, como também pelo negativo. Pelo lado positivo, nós a temos... Pois o fato de morarmos sozinhos nos enche de orgulho e nos motiva em vários aspectos para que continuemos em buscas de mais conquistas e realizações. Só precisamos tomar cuidado para que não passemos pro lado negativo da coisa, nos tornando arrogantes. Ninguém é melhor que ninguém!


Acho que é isso... hehehehehe!

"That's All Folks!", como diziam no final do Looney Tunes!
Vamo que vamo!!!

Pra finalizar, o nosso querido Homer demonstrando cada um dos Sete Pecados:


terça-feira, 18 de outubro de 2011

Hábitos

Pois é! Quem vai morar sozinho, no começo tudo é uma beleza... Você é organizado e acha que se manterá assim por toda a eternidade... Tsc tsc tsc!!! No começo, você lava a louça assim que termina de comer. Limpa imediatamente aquela lambecada de molho que caiu no chão da cozinha. Varre a casa todo sábado e dá descarga toda vez que vai ao banheiro... (hahahahaha... calma gente, este último foi só pra descontrair... é claro que sempre damos descarga... não é!? hahahahah)!!!

Depois de algum tempo, vamos nos tornando experientes e conseguimos otimizar nossas tarefas, sem comprometer nosso lar. Adquirimos hábitos, muitas vezes até mesmo sem perceber... e quando você percebe e começa a notá-los, você para pra escrever um post, assim como eu.

Vou enumerar alguns destes hábitos aqui e tenho quase certeza que vocês vão se identificar com pelo menos um deles... E depois deixem sua confissão (ou não) nos comentários...rs...

Vamos lá então:

(1) Mágico
Todo ser que mora sozinho, tende a achar-se mágico. Quantas vezes, você com fome, sabendo que não há comida em sua casa, abriu e fechou a geladeira e armários na esperança que alguma comida brotasse ali dentro?

(2) Ventríloquo
Vai dizer que nunca falou sozinho ou com objetos na sua casa? Você xinga a TV porque o juizão roubou seu time no jogo de futebol. Você resmunga com o notebook quando alguém escreve alguma me¨%#a no MSN. Você comenta uma cena de um filme com um possível amigo imaginário. Enfim, isso pode ser chamado de loucura também.

(3) Milagres
Fortemente, você passa a crer nisso. Você acha que aquela sujeira no chão, ou mesmo a louça suja na pia, aparecerão limpos de uma hora pra outra! Você vai até a cozinha, vê a louça, faz um tremendo pensamento positivo e volta pra sala, esperando voltar la e não encontrar mais nada... Mas na verdade isso chama-se preguiça e é um dos sete pecados capitais!

(4) Prático
Ah, isso sim! Você passa a ter hábitos práticos! Pra que arrumar a cama de manhã sendo que você logo sai pra trabalhar e volta somente de noite? E como você viu anteriormente, que o milagre das louças não acontece, você deixa juntar um pouco mais pra lavar tudo de uma vez. Faxina? Esquece! Paga uma empregada pra dar um tapa na casa uma vez por mês que seja. Cozinhar? Pra quê? Se vende tudo congelado... hehehehe!

(5) Econômico
No começo você fez uma compra do mês que daria pra uma família de 5 pessoas, e aprendeu a lição quando teve de jogar metade fora. Agora você compra somente o necessário e geralmente, apenas quando a mágica do item (1) não funcionou!

(6) Barman
Todo mundo que mora sozinho, tem um estoque de bebidas em casa pra receber os amigos e família. É de praxe receber visitas e servi-las com os melhores drinks. E você ainda está sempre procurando na net as melhores receitas para tal (também é válido para consumo próprio).

(7) Willian Wallace
Se você assistiu "Coração Valente" sabe do que estou falando. Você agora é um ser provido de liberdade (ou "freeeedoooom" como diria o Willian no filme). Você caga de porta aberta, dorme e anda pelado pela casa, faz o que quiser sem reprovações. Mas não abuse, pois vai que um dia você se acostume e vá colocar o lixo pra fora só de cueca!

E agora? Depois de ler sobre estes 7 hábitos vai continuar negando que não tem nenhum deles? Larga mão e conte aí nos comentários!!!

E vamo que vamo!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Tentativa frustrada: lanches rápidos

E ae cambada!!! Tudo certo?

Meu... que frio é esse? Não sei na cidade de vocês, mas aqui no Vale do Paraíba em São Paulo tá um frio dos infernos (é possível isso???)!!! Todo mundo fala que o frio é chique e elegante, pois eu acho o frio totalmente depressivo! As pessoas em casa, encolhidas, com o nariz escorrendo! Só pq colocam um cachecol já acham que estão "chiques"!!! Pelamorrrr! Bom mesmo é o verão, onde as pessoas estão nas ruas, em bares bebendo e dando risada. Fazendo churrascos e curtindo piscinas e praias... aí sim!!! hehehehehe!

Masss... como este não é o assunto deste post, vamos pular!

Vou falar aqui de uma idéia que tive, e que no começo pareceu legal... mas depois tornou-se uma tentativa frustrada de agilizar a vida e os hábitos alimentares de um ser que mora sozinho!
Por morar sozinho e com toda essa onda de hábitos saudáveis que andam dizendo por ae, sempre tentei não comprar muita bobeira em casa! Já comprei caixa de bombons que durou apenas dois dias!!! Aí não dá! Então agora, evito comprar doce e grandes quantidades de comida!


Sempre deixo um congelado ou outro no freezer pros momentos de desespero!
Como sou fã dos lanches do Subway, tive a incrível idéia: Porque não fazer isto em casa?
Tudo muito lindo, tudo muito legal... então, bóra pro supermercado comprar os ingredientes!
Lá fui!!!
Comprei pão, cream cheese, queijo branco, cheddar, rosbife, alface, tomate, rúcula, pimentão, cebola, pepipo picles, bacon e até almondegas... isto mesmo ALMONDEGAS!!!

Você pode notado que comprei bastante coisa que realmente tem nos Subways da vida!

Cheguei em casa e fui pra cozinha preparar o arsenal. Dei um pequeno tropeção na lagartixa que atravessava minha frente... mas nada que me desmotivasse!
Lavei, cortei e guardei em potes individuais cada coisa... Minha geladeira ficou lotada de potes!
Beleza... vamos montar o primeiro lanche Subway no maior estilo "do it yourself"!
Montei e ficou bem bacana...
No dia seguinte, cheguei em casa e montei mais um... show de bola!
Aí vai chegando o fim de semana, e você não come em casa... sai pra farra!
Passam alguns dias e lá vou eu montar meu super-subway-caseiro!
O alface está marrom! Os tomates apresentam pintas brancas! A rúcula tá seca e esturricada! O queijo não tá cheirando legal! E assim vai... um por um, você vai tirando da geladeira e depositando no lixo!!! E quando vê, sobrou apenas o cream cheese e o pão!
Tá bom! Já é alguma coisa... ou pelo menos seria! Pois o pão parece uma colônia de férias de bactérias e fungos! Lá estão eles... rodelas e mais rodelas verdes identificando o povoado!

Sua barriga ronca de fome, mas melhor não arriscar em comer essas coisas, pois senão depois ela poderá roncar por um outro motivo!!!

Depois de ter passado pra isso, posso dizer que aprendi algumas lições:

1) Por mais prático que seja ter tudo cortado e pronto pra usar, estraga muito mais rápido!
2) Não compre grandes quantidades! Vai estragar!
3) Fazer comida em casa, mesmo que seja um lanche, só pra você, torna-se chato com o tempo!
4) Quer comer um lanche tipo Subway, vá ao Subway!
5) Todo "faça você mesmo" pode passar pra um "não faça isso em casa"!!!

É isso ae! Contem alguma peripécia que inventaram em casa e logo depois largaram mão por se tornar um saco!!! hehehehe!

Grande abraço e vamo que vamo!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Adeus formigas!

E aê pessoal!!! Tudo certo?

Posts atrás eu comentei sobre o problema que eu tinha no apê com as danadas das formigas. E não é que eu consegui dar um jeito nelas!? Hehehehehehe! Graças ao meu pai!

As formigas já estavam dominando meu apartamento!!! Eu não podia nem deixar um copo de água em cima da pia, que ali elas já iam... Mesmo sem ter nada que as interessasse!
Certa vez, um amigo meu derrubou um copo de vodka com energético no meu pé numa balada. Cheguei em casa e sem pensar (não muito sóbrio), deixei o tênis no quarto. No dia seguinte vi uma fileira preta passando pelo meio da sala e indo em direção ao quarto... Lá estavam elas... Rumo ao tênis! Impressionante!!!

Até no sofá elas já estavam... Dali a pouco iam me expulsar pra poderem assistir TV e trocarem o canal com o controle remoto!!!

Mas aí, certa vez visitando meu pai, no meio de uma conversa qualquer, comentei sobre as formigas. Neste exato momento, "meus problemas se acabaram-se"!!!
Ele me disse que tinha comprado um veneno que era tiro e queda e que ainda o tinha para me dar. Sem hesitar, pedi! E ele me deu. Era uma seringa amarela, contendo um líquido viscoso e cor amarronzada.
Ele me disse pra aplicar nas trilhas das formigas.
Poxa, se eu fosse fazer isso, ia precisar de litros de veneno pra aplicar na casa inteira... pois elas estão por toda parte! De qualquer forma, peguei o veneno e levei pra casa!
Apliquei-o em pontos estratégicos: cantos da pia e da cozinha. Alguns cantos da sala e banheiros.
Depois de alguns minutos, os locais onde eu tinha colocado o veneno estavam infestados de formigas sedentas... Umas por cima das outras, desesperadas, dando cambalhotas e até mortais carpados!
Várias morreram por ali mesmo, não sei se pelo veneno ou pisoteadas pelas outras. As sobreviventes voltaram embriagadas para seus ninhos a fim de proliferar o suave veneno!

No dia seguinte, ZERO! Isto mesmo!!! ZERO FORMIGAS!!!

Apenas limpei os lugares onde eu tinha colocado o veneno, retirei os corpos das que tinham morrido ali mesmo e desde então não vejo mais nenhuma formiga. Nem mesmo uma sobrevivente qualquer, perambulando pelos cantos a procura da familia ou restos de comida! NADA!!!

O veneninho realmente foi porreta e aconselho a todos que tem esse problema com formigas em casa, que compre! Vende em lojas de rações de animais, essas coisas. Não me lembro marca e tal... só lembro que era uma seringa amarela (não é necessariamente a da foto abaixo).


Foto meramente ilustrativa


Era isso! Apenas pra compartilhar esse achado com vocês!!!

Bom final de semana pra todos vocês... SEM FORMIGAS!!! hahaha

E vamo que vamo!!!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Projeto: Bar em Casa

E aê!

Sexta-feira, então nada melhor que falar de assuntos que muito nos interessam: bar, por exemplo!

Faz tempo já venho planejando e imaginando um barzinho lá no apê... mas até hoje não coloquei nada em prática. Essa dúvida me fez também, não comprar até hoje a mesa de jantar! hahahahaha.
E com isso, quando faço reuniões em casa pra comer e beber, utilizo uma útil caixa da televisão!
No começo, minha idéia era comprar uma mesa redonda, pra aproveita-la também para as jogatinas. Mas decidi unir o útil ao agradável: fazer o bar e a jogatina vai rolar de qualquer jeito, seja numa mesa redonda ou não!
Bom... e nessa também pensei: "Pra que uma mesa? Vou convidar as pessoas pra irem em casa jantar ou beber?". Obviamente, a frequencia em casa será infinitamente maior para beber do que para jantar (aliás, é raro ter janta em casa... ahahaha).

Voilà! Vou montar o bar!

Vou aproveitar o canto da minha sala, onde colocarei um balcão (largo, pois se um dia quiser usar de bancada pra comer alguma coisa, também dá) e na parede colocarei algumas prateleiras onde ficarão os líquidos sagrados de meu Deus.
Por mim, eu encheria a parede de prateleiras e bebidas... mas, contando com a nobre ajuda de uma tia arquiteta, ela me orientou, esfregou o papel na minha cara e disse a parede ia ficar "poluída" demais daquele jeito. Tá certo que eu tinha colocado no desenho, garrafas e mais garrafas do rodapé até o teto... mas esfregar minha cara no papel foi mancada!
Resolvi "enxugar" o projeto e deixei mais light. Menos prateleiras e garrafas, porém numa quantidade boa pra atender os convidados (e eu, no dia a dia, claro!).

Nessa próxima semana, o marceneiro deve ir la em casa pra eu mostrar o lugar e a idéia pra ele e ver quando vai ficar a brincadeira! Se não for nada absurdo, já vou fazer os pedidos e depois posto as fotos aqui pra vocês verem e até, porque não?, roubarem alguma idéia!
Pois fiz isso... busquei bastante foto na internet pra roubar e ter idéias! Afinal, nada se cria, tudo se copia... E nesse mundo conectado e globalizado, nada mais justo (e fácil!)!

Então é isso pessoal! Nada melhor que ter um canto alcoolico em casa, não é mesmo!?
Estou colocando abaixo, as fotos da idéia do balcão e das prateleiras na parede:


Idéia para o balcão


Idéia para as prateleiras na parede


E vocês? Tem um barzinho em casa?
Se tiverem fotos, mandem os links aê pra compartilhar!!!

Ou se alguém comprar uma DESSA, por favor, me convidem!!!

Grande abraço e bom fim de semana à todos!!!
Vamo que vamo!

segunda-feira, 28 de março de 2011

Insectos

Bom dia gente!

Depois de um bom tempo sem postar, estou de volta!

O trabalho tem me deixado um pouco (ou muito) sem tempo e por isso dei essa sumida. Mas depois de receber um e-mail pedindo pra que eu voltasse a escrever, resolvi arrumar um tempinho pra atualizar o blog! A pessoa que me enviou o e-mail sabe que me refiro a ela, pois só recebi UM e-mail pedindo isso... hahahaha!

Negócio é o seguinte: todo mundo do mundo teve, tem e terá problemas com insetos. Seja na praia, na fazenda, numa casinha de sapê ou até mesmo na sua própria casa!

Eles estão por toda a parte, e sinceramente, tirando o fato de encherem o saco, não sei quais outras finalidades os insetos podem ter em nossas vidas. Inevitavelmente, algum inseto entrará na sua vida e você vai perder bons minutos e paciência para espantá-lo ou exterminá-lo. Como diz aquela frase: "Em boca fechada não entra mosca", pode ter certeza que "Com a janela aberta, entrará um bicho!". Isto é fato!

Não sou adepto em colocar aquelas telas nas janelas, até porque moro em apartamento e não ficaria muito legal... Sem contar a porta da sacada, onde não teria como eu fazer muita coisa pra evitar os visitantes indesejáveis! Fora isso, tenho alguns recursos básicos para estar preparado. Coloquei aquelas armadilhas pra baratas nos cômodos (sinceramente, alguém algum dia, já viu uma barata cair naquilo???) e inseticida em casos de emergências.

No dia a dia, por ficar com a TV e a luz da sala ligada, vários insetos adentram o cômodo e ficam dando cabeçadas na lâmpada. Muitos morrem ali mesmo e depois só tenho o trabalho de limpar o lustre onde eles ficam depositados. Esses pequenos insetos tudo bem, o problema é quando as donas baratas resolvem surgir do nada! Moro no quarto andar e não sei como as danadas chegam lá! Incrível! Tenhos duas histórias sobre estas baratas, que não se chamam Kafka, muito menos as encontrei na cozinha:


BARATA 1
Estava sentado no sofá, tranquilamente, com a porta da sacada aberta. Quando de repente ouço e sinto um barulho similar à um bater de asas, cujo o vento produzido até desmanchou meu cabelo. Olho pro lado e lá estava ela, repousada na almofada. Por minha sorte, ela possuía um crachá escrito "Barata", senão eu pensaria que fosse um pardal pelo tamanho dela. Bom, não tinha como eu dar uma chinelada nela senão ia sujar a almofada, sofá e cia... Percebi que ela estava concentrada, talvez assistindo televisão. Saí de fininho e busquei o inseticida. Dei uma borrifada. Ela nem se mexeu! Voltei a borrifar e dessa vez gastei quase meio tubo do baguio. Ela então saiu em disparada. Meio tonta, corria desesperada. Eu só esperando ela se cansar pra enfim, dar-lhe uma chinelada mortal. Foi então que ela teve a brilhante idéia de entrar debaixo do sofá! Que ótimo! Ela devia saber o trampo que eu teria pra tirar aquele sofá do lugar... E assim foi. Mas enfim, ela teve o fim que merecia!


BARATA 2
Essa barata foi impressionante! Eu estava no banheiro mijando, quando vejo um vulto passando pelo chão. Foi muito rápido. Terminei, dei descarga e quando estou saindo do banheiro, eis que surge! Ela saiu debaixo do armário do lavatório (e olha que ali embaixo tem a tal armadilha) e veio na minha direção. Eu fui afastando de costas e não pude pisar nela pois estava descalço e o resultado não seria agradável. Eu afastando e ela correndo... e sua velocidade era tão grande que ela chegava a empinar e correr somente nas patas traseiras. Se não fosse pelas antenas e asas cascudas para identifica-la, pensaria eu que fosse uma lebre! Quando enfim consegui sair do banheiro, ela parou de me seguir e foi pro meu quarto. Só que ali não é um bom lugar pra ela. Não tem onde ela se esconder. Tenho apenas a cama e um apoio pra TV no quarto. Deixei-a ali e corri pegar o inseticida (santo inseticida)... e lá se foi a outra metade do tubo!

Bom, como puderam perceber, as baratas tem uma sina comigo. E além disso, ando percebendo que as aranhas também estão de marcação. Minha casa está aprecendo o set de filmagem de "Aracnofobia 2". Não canso de acabar com as teias e ovos nos cantos da casa, e logo depois, lá estão elas de novo!

Sobre as formigas... vou deixar pra um próximo post, porque essas danadas me dão uma dor de cabeça do caramba! Malditas sejam as formigas!!!

E vocês? Sofrem com este mal também? Como lidam com isso?

Pensei em comprar aquele inseticida automático, que você põe na parede e ele dispara de tempos em tempos, que nem aquele Bom Ar. Será que vale a pena?

Enquanto isso, vamos na base do inseticida em tubo e chineladas mesmo!

E vamo que vamo!


Abraços e até breve! (breve!?)