quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O Pré-Natal de quem mora sozinho!


E aê cambada! Tudo pronto pro final de ano?

Calma, não assustem com o título do post... não estou falando daqueles exames que as gestantes ficam fazendo antes do parto... estou me referindo ao período que precede o Natal, principalmente do povo que mora sozinho!

Se o mundo não acabar daqui alguns minutos, vai dar tempo de algumas pessoas lerem isto aqui! hauahuhahaha!

Sempre tem o primeiro Natal de quem mora sozinho, e quando vai chegando perto da data, você vai se lembrando de como era na casa da sua mãe, na casa da vó... 

Enfim: vamos falar de como é o nosso natal agora!!!


1) Enfeites
Você lembra daquela grande árvore de natal montada, cheia de enfeites e luzes. Aquele presépio todo cheio de animais, e até um lago feito de papel alumínio tinha!!! Bom... os tempos mudaram! Mudaram pra você... Pois nas casas dos teus familiares ele continua do mesmo jeito! Árvore de natal? No máximo aquelas que já vem pronta e são do tamanho de um chinelo 39. Luzes piscantes na frente da casa? Melhor não mexer com isso... vai acabar caindo do telhado. Presépio? Ahhhh se você não tivesse se desfeito dos teus Playmobils!!!


2) Presentes
Se você já está morando sozinho, significa que você não tem mais idade pra ganhar aquele monte de presentes que ganhava ultimamente! Por sorte, tua mãe e teu pai vão comprar aquele único presente que você ganhará! 

3) Ceia
Ou sai fazendo via sacra pelas casas dos familiares e amigos, ou coloca no forno aquele frango congelado que você ganhou da empresa! Fique com a primeira opção, eu recomendo!

4) Papai Noel
Aquele bom velhinho, no qual você acreditava e que trazia teus vários presentes, não existe mais! Você descobriu que ele, na verdade, era aquele tio que veio de outra cidade e já tomou umas e outras antes de entregar os presentes... kkkkkkkkkk! Vc só quer a tal felicidade, mas o seu Papai Noel não vem! Lembram dessa musica??? PAPAIII NOEEEELLLL.... hahahahaha

É isso pessoal!
Moral da história: se você mora sozinho, não passe o Natal em casa... vá pra casa mais próxima, e de preferencia pra'quela com a ceia farta e freezer cheio!!! hahahahaha

BOAS FESTAS!!!
Que o Natal de todos seja iluminado e abençoado! 
Que venha 2013 cheio de boas surpresas e realizações!!!

PS: se o mundo acabar daqui a pouco, desconsiderem as mensagens acima!



E vamo que vamo! Ho Ho Ho!!!


terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A saga da laranja (Sim! Ela tem uma!!!)

E aê pessoas... faz um tempinho desde o último post... Mas não me acostumei ainda com esse tal horário de verão!!! hauahuahuahuaha!

Então... a história desta vez é sobre esta fruta comum... a tal laranja!!!

Fiquei gripado! E como geralmente acontece com alguém que mora sozinho, esses sintomas surgem no alto da noite! E nós, moradores solitários fazemos o básico: tomamos o remédio que tiver em casa, seja ele qual for e pra que for... kakakakakaka!

Parti pra automedicação, e claro, não adiantou nada!

Aí, eis que surgem as trombetas lá do céu e um anjo loiro aparece na minha frente dizendo: "Compre laranja! Vitamina C é muito boa para nosso organismo. São alimentos dos nossos soldados...". De repente pulei do sofá, e vi que a trombeta era o som do MSN e o anjo era a Paty (né Paty!? rsrs) ... e ela estava digitando, e não dizendo!!! Mas tudo bem... rsrs!!! No começo achei bem estranha aquela história de soldado... Tinha certeza que eu iria engasgar se tentasse engolir aqueles soldadinhos de plástico ou chumbo... Mas com o desenrolar da conversa, descobri que os "soldados" na verdade, era nosso sistema imunológico!


Como atualmente moro na cidade da laranja... Em toda esquina tem alguém vendendo, nos semáforos crianças fazem malabares com laranja, nas brigas as pessoas jogam laranjas e assim por diante! 

No dia seguinte, parei meu carro em uma movimentada avenida da cidade pra comprar laranja de um pobre tiozinho que, sentado diante de sua Kombi, aguardava os clientes. Iniciamos um cordial e profissional diálogo:


Tio: "Pois não!?"
Eu: "Quanto que tá a laranja?"
Tio: "Tem de 5 e de 10!"
Eu: "Qual é a de 10?"

Logo após eu perguntar, vi o tio portanto em teus flácidos braços, um saco de 20kg de laranjas. Suas pernas tremiam e sua coluna começava a entortar, quando eu pedi pra que ele colocasse o saco no meu carro. Paguei e segui pra casa. Lá chegando, tive uma pequena dificuldade pra levar o saco do carro pra cozinha. Era realmente bem pesado!!! (Pobre tio!)

Hora de fazer a laranjada! Pego meu espremedor elétrico que ganhei num sistema de pontos qualquer para estreiá-lo. Espremedor ligado, primeira laranja cortada ao meio e... ué!? Só isso de caldo? Parecia que o espremedor estava fazendo cócegas na laranja... Espremi o restante com a mão e saiu muito mais caldo! O espremedor é tão vagabundo que fazendo um pouco mais de força, ele para de girar! Então aqui já fica uma dica: quando forem comprar um espremedor elétrico, atentem-se a potência do mesmo... não sei qual a ideal, mas comprem o que tiver a maior!!! hehehehehe...

E desse jeito foi: dava o começo no espremedor e continuava com a mão! Uma jarra de suco, 3 horas depois! Uma conquista!!!


Dias depois, após consumir a jarra de suco, ainda tinha laranja pra alimentar uma família de 8 pessoas
por uns 5 meses! Bora fazer mais suco! Nada de espremedor elétrico dessa vez... e minha mão ainda estava sarando da tendinite que tive depois de fazer o suco. Resolvi então desenterrar o Juicer! O famoso Juicer.. tão citado e criticado aqui neste blog. Mas era minha única salvação naquele momento. O trampo já começou tendo de descascar dezenas de laranjas. Descascava de um jeito, descascava de outro pra não ficar tedioso. 
Cortava em cruz e tirava a casca... Puta merda! Me lembrem de nunca mais fazer isso na vida!!! Vamos jogar as laranjas no treco!


Resultados:
- 120 laranjas pra fazer uma jarra de suco;
- Bagaço transbordando no compartimento traseiro;
- Suco azedo por causa da pele da laranja;
- 58 peças e acessórios pra limpar e lavar.

Conclusão:
Vende-se um Juicer. Utilizado apenas 2 vezes!


Tomei coragem e fui no Mercadão da cidade comprar daqueles espremedores manuais de laranja. Pronto! O sofrimento acabou... ou melhor, diminuiu! Agora basta cortar a laranja ao meio, colocar metade no espremedor e fazer um pouco de força. Consegui fazer a jarra em 20 minutos e no fim só tinha o espremedor manual pra lavar (e depois a jarra, claro.)!
Então é isso... depois dessa experiência, ainda tenho laranja até 2013.


Moral da história: Comprem suco de caixinha!

E vamo que vamo!!!

P.S.: Ainda passo pelo local onde comprei a laranja e lá está o tio... e agora ele está vendendo melancias e mangas também! Vi que dei uma guinada nos negócios daquele velho e nobre empreendedor! Dizem que ele já está até exportando as frutas pra Israel, Marrocos e algumas pequenas ilhas da Oceania.